Olá amiga, você é nova aqui no blog? Seja bem vinda!!! Pode me seguir e deixe uma
mensagem se
identificando para eu retribuir o carinho, te conhecer e conhecer seu cantinho também!
Muito obrigada!!!
Loading

terça-feira, maio 31, 2011

Aprendendo a Fazer Patchcolagem

Olá pessoas...como estão?


Trouxe hoje uma explicação de como fazer Patchcolagem...é muito fácil...veja a seguir:


Material:
1. Risco ou molde .
2. Tecidos variados.
3. Ferro de passar.
4. Tesoura para papel e outra para tecido.
5. Agulha e fio para fazer o caseado.
6. Papel termocolante ou papel cola.


Preparação:
1. Tecidos:
Sempre guarde seus retalhinhos, eles são muito úteis quando se faz apliquée (para os detalhes pequenos).
Como o papel cola ou termocolante precisa do calor do ferro para transferir a cola para o tecido, este precisa agüentar este calor. Então uso apenas tecidos de algodão ou linho para esta técnica. Os tecidos mais delicados podem ser usados para outras técnicas de apliquée que usam apenas agulha e linha.
Todos os tecidos devem ser deixados de molho antes do uso (para tirar a goma, para eventualmente encolher e soltar a tinta). Ao comprar, acostume-se a deixar em um balde com água (sem sabão) durante a noite, torça e estenda para secar. Passe e estará pronto para usar sem surpresas desagradáveis.
2. Papel cola ou termocolante:
Papel cola não é a mesma coisa que entretela. Vejo muito esta confusão sendo feita, mas são coisas bem diferentes. O papel cola, com a ação do ferro quente, deixa apenas a cola no tecido, permitindo que este seja colado em outro tecido.
A entretela, por sua vez, permanece colada no tecido que será aplicado no trabalho. Ou seja, seu trabalho terá três camadas: tecido base, entretela, aplicação. Por isso a entretela não serve para o apliquée porque compromete o resultado final, deixando-o grosseiro.
Use sempre papel cola. Existem várias marcas nacionais e importadas. Eu faço apliquée há muitos anos e já testei quase tudo o que existe no mercado e uso apenas o Heat Bond Lite, importado (como em tudo neste blog, não ganho nada pela indicação).
O papel importado é mais caro, mas todos os papéis nacionais que já testei ou são complicados de usar ou simplesmente não colam! De uma forma ou de outra não valem a aparente “economia”.
Passo a Passo:

1. O papel cola tem duas faces, uma fosca e outra brilhante. A face brilhante é a cola. Ao copiar o molde, risque sobre a face fosca.

Como o papel cola é caro, tente aproveitar todos os cantinhos e guarde o que sobrar em um potinho, depois você usa para pequenos detalhes como olhos.
2. Copiado o desenho, recorte (com a tesoura para papel) deixando alguns milímetros de margem. Coloque o papel cola com a parte brilhante sobre o avesso do tecido escolhido. Não esqueça: face brilhante sobre o avesso!! Se você fizer o contrário vai encher seu ferro de cola.
3. Passe com ferro quente seco, SEM VAPOR, até que levantando uma pontinha você perceba que a cola passou para o tecido (ele vai ficar brilhante).

Existem papéis cola que precisam de ferro a vapor ou ferro morno, pergunte antes ao fornecedor. Este que indiquei é para usar com ferro bem quente e seco (se tiver vapor a cola não passa totalmente para o tecido).

Cuidado para não queimar. Se o papel amarelar, a cola perde o efeito.
4.Uma vez colado, recorte o motivo na linha do risco.
5. Retire o papel cola com cuidado para não desfiar o tecido.

6. Sobreponha os tecidos já recortados com a cola (parte brilhante) para baixo, montando com cuidado o molde que você recortou.

Este desenho é muito simples, mas existem moldes complicadíssimos e cheios de pequenas partes. É preciso ter paciência e cuidado ao sobrepor cada uma delas.

7. Cole as várias partes que compõe o molde com o ferro bem quente, até que os tecidos fiquem perfeitamente colados uns nos outros.

Dê leves “pancadinhas” com o ferro, não esfregue como se estivesse passando roupa, para não correr o risco das partes se moverem (uma vez coladas, não tem como consertar os erros).

8. Uma vez colados os tecidos, faça o caseado por toda a volta. Ele serve para que o tecido não desfie e também é muito decorativo.


Para fazer o caseado, eu uso meada Anchor ou DMC, com 2 fios.


Espero que gostem!!!

Bjks...


8 comentários:

Velu Artesanatos disse...

Oi, Marília, é sempre muito bom passar por aqui, tem sempre coisas lindas pra gente aproveitar... rsrs
Fizemos um selinho e gostaríamos que fosse buscá-lo lá no blog: http://veluartesanatos.blogspot.com/2011/05/selinho-para-os-amigos.html
Este mimo é um carinho para os amigos. Tenha uma ótima semana, bjns.

Daniella Branco disse...

Olá!! tudo bem? Acompanho vocês há um tempo e adoro o blog de vocês...acabei de criar o meu, já estou seguindo vocês e se puderem dar uma passadinha no meu.... o endereço é:

http://pelasmaosdamamae.blogspot.com/

Abraços
Daniella Branco

Daniella Branco disse...

Oi Marília, eu quem agradeço por ser recebida em seu blog!!

:*

Lucia Bara disse...

Amei, vou tentar.


Um abraço
Lucia
hptt://cafeecetim.blogspot.com

de uma passadinha no meu blog.

Hanna disse...

Adorei!!
Sempre quis fazer nos panos de prato!
Obrigada pela dica!!
Um beijo!

pelasmaosdamamae2011 disse...

Olá Marília!!
Estou comunicando a minha mudança de blog!
Gostaria que você passasse por lá e me seguisse também! Eu já estou te seguindo!!

obrigada e beijos

Daniella Branco

http://pelasmaosdamamae.wordpress.com

Nina-Marina-Menina disse...

Olá,
adorei o pap, vou fazer em casa.
Tem um selinho pra você no meu blog.
bjokas.

Gláucia de Oliveira disse...

Marília minha flor, esse post era tudo que eu queria na vida!!!! Obrigada,obrigada, obrigada, obrigada um milhão de obrigados ainda será pouco!
Amei seu blog e amei ainda mais saber que você é daqui do ladinho! Quer me dar a mãozinha e ser minha amiga?
Beijos
Glau